Empresa de criação de site em Florianópolis
Como fazer criação de site Santa Catarina

Seu site está em risco?

Recentemente você pode ter recebido alguma mensagem de nossos concorrentes dizendo que seu site está perdendo potenciais clientes, que não está em conformidade com a W3C, que não é amigável com dispositivos móveis, que não possui um bom SEO ou que não está bem integrado ao Google.

 

Tais mensagens, na enorme maioria das vezes criminosas e fraudulentas, induzem as pessoas ao erro, fazendo-as investir desnecessariamente em "melhorias" que muitas vezes geram maior lentidão no site e perda de ranqueamento dentro do Google. Inclusive já registramos alguns boletins de ocorrência e ingressamos na justiça contra alguns de nossos concorrentes por cometimento desse tipo de fraude.

 

A agência SitePor500 ocupa as primeiras posições dentro do Google Brasileiro para diversos termos de busca. Temos um dos mais respeitados portfólios do Brasil e nenhum de nossos concorrentes diretos no ramo de criação de sites únicos e exclusivos tem maior penetração social do que nós. Apenas para exemplificar, em nosso Facebook contamos com mais de 47 mil curtidas de pessoas como você, satisfeitas com nossos serviços.

 

Semestralmente reciclamos nosso pessoal, investimos em cursos de formação e trabalhamos com plataformas de ponta. Graças a isso temos posição de destaque dentro do Google e podemos oferecer aos nossos clientes o que há de mais moderno em tecnologias voltadas para a Web.

 

Por conta do grande conhecimento que detemos em nossa área de atuação é que ficamos surpresos com a audácia de alguns concorrentes ao tentar desmerecer nosso trabalho. Desta forma, esclarecemos abaixo algumas das falácias mais comuns que são utilizadas para abordar criminosamente nossos clientes; seja através de falsas promessas ou de termos técnicos vagos e muitas vezes equivocados.

 

FALÁCIA 1) Seu site não está em conformidade com a W3C

 

Não nos cabe neste e-mail explicar o significado desta sigla e muito menos suas implicações. O que nos cabe aqui é provar o quão enganosa essa alegação pode ser. É comum clientes dizerem que foram abordados por "um terceiro" dizendo que "o site está mal feito pois não está em conformidade com a W3C".

 

Desqualificar essa falácia é simples, tomemos como exemplo alguns dos maiores portais/sites do Brasil. Comecemos pelo portal Globo.com que é o maior do seu gênero no Brasil. É um portal muito bem feito, rápido, bem programado, fluído e responsivo. Certamente é um site que tem um custo alto de desenvolvimento e manutenção. Será que ele está em total conformidade com a W3C? Acesse o link abaixo que gera um relatório independente e imparcial sobre o site Globo.com no tocante à sua conformidade com a W3C.

 

https://validator.w3.org/nu/?acceptlanguage=&doc=http%3A%2F%2Fwww.globo.com

 

Role o link para baixo e veja quantas mensagens de "erro" o site Globo.com possui. Quase 300 mensagens de erro. Sim, você leu direito, cerca de 300 mensagens de erro. Isso significa que é um site ruim? Lógico que não. Que é um site que poderia ser melhorado? Não. É um site inseguro? Claro que não. É um site lento? Certamente que não.

 

No link abaixo geramos um relatório para o site Google.com.br.

 

https://validator.w3.org/nu/?acceptlanguage=&doc=http%3A%2F%2Fwww.google.com.br

 

Perceba que dezenas de erros foram encontrados. Sim, dezenas. Isso significa que o gigante Google possui um site ruim? Que poderia ser melhorado? Que é um site mal programado? Não, não e não.

 

Desta forma, se você for abordado por alguém que lhe prometerá um site em conformidade com a W3C ou por alguém que critique seu site por este não estar em conformidade com a W3C; abandone a conversa imediatamente. É provável que essa pessoa tentará utilizar diversos termos técnicos para lhe fazer contratar serviços desnecessários.

 

FALÁCIA 2) Seu site não é amigável com dispositivos móveis ou não é rápido o suficiente

 

Este item dispensa qualquer discussão mais aprofundada. O próprio Google disponibiliza uma ferramenta onde é possível conferir se determinado site é amigável com dispositivos móveis e se a velocidade de navegação é satisfatória. Porém os dados dessa ferramenta devem ser analisados com muito cuidado, MUITO CUIDADO. Essa ferramenta não serve para dizer se um site é bom ou não, ela serve apenas como guia na solução de problemas. Se seu site está funcionando e não apresenta problemas não há qualquer motivo para se preocupar. Se seu site apresenta algum problema então nesse caso específico essa ferramenta do Google poderá ajudar os programadores de sua página a lidar com tais problemas.

 

Tomemos novamente como exemplo o portal Globo.com. Abra-o em seu celular e veja o quão rápido esse site é. Perceba que ele se ajusta perfeitamente às dimensões de sua tela. É um site muito bem feito e bem projetado. É de se esperar que o Google considere esse site como amigável com dispositivos móveis, correto? Acesse o link abaixo que contém um relatório gerado pelo próprio Google sobre o site Globo.com.

 

https://developers.google.com/speed/pagespeed/insights/?url=http%3A%2F%2Fwww.globo.com

 

Provavelmente você verá na tela algo como "Poor 64/100" ou algo parecido. Isso indica que o Google classifica essa página como "Pobre" em termos de integração com dispositivos móveis e velocidade e vai além, o Google classifica essa página com nota apenas 64 de um total de 100.

 

Façamos agora um teste com um outro site de uma das maiores empresas varejistas de vestuário do mundo, a Nike. Veja o relatório gerado no link abaixo.

 

https://developers.google.com/speed/pagespeed/insights/?url=http%3A%2F%2Fwww.nike.com

 

Provavelmente você verá algo como "Poor 54/100". O site da Nike é muitíssimo bem feito, bem acabado e com uma riqueza de atenção aos detalhes acima da média. Ainda assim o Google considera esse site "Pobre" em termos de integração com dispositivos móveis e ainda classifica essa página com nota 54 de um total de 100.

 

Isso significa que os sites Globo.com e Nike.com são ruins? Longe disso. É como lhe dissemos no início deste tópico: se não há nada de errado e tudo parece funcionar, não há motivo para se preocupar.

 

FALÁCIA 3) Seu site não possui um bom SEO ou não está bem integrado ao Google

 

De todas as falácias esta é de longe a mais tendenciosa e também a que certamente gera mais dúvidas pois o termo SEO, por si só, carrega enorme "subjetividade" e "teorias" que em determinados momentos parecem funcionar e em outros momentos parecem gerar punição dentro do Google. É muito fácil dizer "Seu site é ruim, não está bem integrado ao Google, está perdendo potenciais clientes...". É inclusive muito fácil provar equivocadamente essa alegação e convencer o cliente que ele está sendo prejudicado. Frequentemente nossos concorrentes utilizam-se de capturas de telas tendenciosas (que fazem uso de cookies ou do histórico de navegação para exibir determinadas URLs no topo da lista de resultados do Google e outros abaixo) ou de termos de busca pouco pesquisados com a finalidade de alarmar as pessoas e fazê-las gastar em algo que não necessitam.

 

Nossa empresa tem um foco quase que absoluto no Google e somos provavelmente uma das agências digitais com maior resultado nessa área. Prova disso é que nós mesmos ocupamos as primeiras posições do Google Brasileiro para diversos termos de busca. Isso demonstra que nós conhecemos e fazemos uso das melhores técnicas de otimização que muitos de nossos concorrentes jamais ouviram falar. Certamente utilizamos boa parte dessas técnicas para impulsionar nossos clientes e garantir que seus sites gerem resultado.

 

Você acha mesmo que algum concorrente que precise ganhar dinheiro captando clientes dessa forma possui realmente boas técnicas SEO ou de otimização? Logicamente que não, pois se esse concorrente possuísse tamanho conhecimento conseguiria faturar muito bem apenas com os novos clientes que chegariam através do Google - coisa aliás que nós fazemos, dependemos 80% do Google para gerar boa parte de nossa receita.

 

Finalizando

 

Não somos donos da verdade e certamente nem tudo que fazemos é perfeito. Porém em todos os serviços que prestamos levamos em consideração as melhores técnicas e tecnologias que podem ser utilizadas naquele momento. Com a evolução da internet e das próprias linguagens de programação, recomenda-se que os sites desenvolvidos em plataformas antigas sejam atualizados para se beneficiarem de diversas melhorias. Entretanto se ao navegar em sua página você não perceber nenhum problema ou erro não há motivo para se investir desnecessariamente em alterações e muito menos se "deixar levar" por alegações infundadas de terceiros que desejam fazer seu site parecer ruim e assim forçá-lo a investir em algo que não lhe ajudará em nada.

 

Portanto se você recebeu alguma mensagem com conteúdo suspeito contendo algumas das falácias descritas acima entre em contato conosco. Será um prazer esclarecer cada alegação mentirosa além de que registraremos um Boletim de Ocorrência e ingressaremos com uma ação cível em desfavor de quem lhe enviou essa mensagem. E se você já tiver pago alguma quantia para quem lhe enviou essa mensagem conte com nosso suporte jurídico para lhe ajudar a reaver o valor pago e também para lhe indenizar qualquer dano que possa lhe ter sido causado.

 

Continue vigilante e atento. Não jogue seu dinheiro fora e tome muito cuidado com promessas ou alegações mentirosas sobre seu site, discuta-as conosco, será sempre um prazer conversar com você e se de fato houver alguma melhoria que possa ser feita tenha certeza que nós faremos todo o possível para lhe atender!

Criação de sites sem falácias e sem falsas promessas
Página do site: "Criação de sites sem falácias e sem falsas promessas"
Média geral: 4.0 de 5
Número de empresas que avaliaram esta página: 398
Número de empresas que comentaram esta página: 99

Criação de sites sem falácias e sem falsas promessas

Home    •    Ir para cima    •    Contato
contato@sitepor500.com.br    •    (48) 99143-6082 / (48) 99103-5427    •    Atendemos por todo Brasil
© Criação de site em Florianópolis, Santa Catarina - Brasil.